Som Gospel

sábado, 23 de outubro de 2010

A prova de Fogo (tremendo Assista ) Deus quer falar com você

Como esta seu CASAMENTO ?


O Fazendeiro de Deus (Assista )

O Poder Transformador do Espírito Santo

O Poder Transformador do Espírito Santo.


Hoje, gostaria de falar sobre a real importância do Espírito Santo em nossas vidas.

Jesus diz em sua Palavra, que quando não estivesse mais conosco em carne, nos enviaria um Consolador, alguém que estaria para sempre conosco [Jo 14.16], alguém que o mundo não conheceria, mas aqueles que amassem a Ele [Jesus], receberiam.

O Espírito Santo é uma promessa que se torna cada vez mais presente em nossas vidas de acordo com a nossa busca pelo Senhor.

Quando somos chamados pelo Senhor, estamos no mundo em um “estado natural”.

Levamos dentro de nós, aquilo que adquirimos no decorrer de nossas vidas: decepções, frustrações, enganos, traumas, momentos de alegria e etc.

Somos achados, por assim dizer, em estado “bruto”, tendo agregados em nossas vidas os rudimentos desse mundo.

Porém, quando ouvimos de Jesus, quando o recebemos e o conhecemos, temos a partir de então, habitando dentro de nós, o doce Espírito Santo.

O que quero que você entenda hoje, é que quando eu e você tomamos uma decisão por aceitar e receber o amor que Cristo nos dá e decidimos andar com Ele, o Espírito Santo vem em nossas vidas, não apenas como o nosso Consolador, mas como um agente transformador em nossas vidas.

A Bíblia diz que não somos nós que escolhemos a Cristo, mas que Ele nos escolheu e nos transportou para o seu Reino, e isso acontece, pois o Espírito Santo é quem nos conduz a justiça e a verdade [Jo 16.8-13].

Acontece que o Senhor não limita o poder de seu Espírito a somente nos conduzir a salvação. Por passar a habitar dentro de nós, Ele deseja fazer transformações grandiosas em nossas vidas, e em todo aquele que recebe ao Senhor Jesus como seu Salvador, Ele nos vivifica [II Co 3.6].

Lemos em Zacarias 13.9:

“ E farei passar esta terceira parte pelo fogo, e a purificarei, como se purifica a prata, e a provarei, como se prova o ouro. Ela invocará o meu nome, e eu a ouvirei; direi: É meu povo; e ela dirá: O Senhor é meu Deus ”.

O fogo mencionado pelo Senhor neste versículo é o fogo que passa a arder em nossos corações, o fogo do Espírito de Deus.

Ao sermos encontrados em “estado bruto”, assim como o fogo purifica a prata ou o ouro, é capaz de nos purificar, de nos lapidar.

Há um louvor que diz: “Tu me amas como sou, mas não me deixas como estou, seguir Teus passos sempre vou, rumo ao encontro do Teu amor...”.

Essa frase é capaz de reproduzir tudo aquilo que o Senhor está nos falando hoje em Sua Palavra.

Por amar você, Ele te chama da maneira que você está, e por ser tão grande o seu amor, Ele lapidará você, até que você se torne a jóia que o Senhor sonhou que você fosse.

Essa transformação pode doer em alguns momentos, querido, pois Deus estará arrancando do seu coração traumas, angústias, conflitos interiores, sarando doenças na sua alma, aquelas que muitas vezes já estão com você há tanto tempo, que você até já se acostumou com elas. Deus te confrontará, e não te deixará da mesma maneira.

Assim como uma pedra preciosa que não brilha em seu estado natural, você somente brilhará quando passar pelas mãos do oleiro, quando passar pelo fogo do Espírito Santo.

O Senhor te diz: “ Invoca-me, Eu te ouvirei e te direi: você é o meu povo e Eu sou o seu Deus [Zacarias 13.9].

Seja você quem for, não importa o quão difícil e traumática possa ter sido sua história de vida, quanta amargura e soberba você carregue em seu coração, ou quanta auto-confiança você tenha em si mesmo, Deus está disponível e Ele chama você.

Tome a decisão de viver os sonhos de Deus em sua vida e o Espírito Santo te ajudará.

Deus te abençoe, amado leitor.

Deus perdoa e você?

Deus perdoa, e você?


Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas. Mateus 6: 14, 15.
Quando pensamos em perdoar alguém que nos feriu com palavras, traições ou até mesmo agressões físicas, nossos corações se enchem, muitas vezes, de orgulho e receio. Entramos em um universo onde o nosso “eu” é exaltado, pois só pensamos naquilo que nos foi tirado. O amor ao outro é substituído por ódio, desprezo e vingança, pois em nossos pensamentos, temos o direito de fazer algo com alguém que nos fez algum mal.
É necessário aprendermos que devemos perdoar, Jesus é muito claro quando diz que se formos ofertar alguma coisa ao Senhor e nos lembrarmos de alguma contenda com nosso irmão, devemos primeiro nos reconciliar, para, em seguida, entregar nossa oferta (Mateus 5: 23, 24). Irmãos, Deus não recebe nosso clamor quando estamos com alguma contenda com nosso irmão, pois é uma ordem divina amar ao próximo como a nós mesmos.
Você já parou para pensar como está a sua vida? Tem buscado ao Senhor e não tem achado? Talvez a solução para todas as suas angustias seja esta: perdoar aquele que te fez algum mal! Isso pode soar estranho aos ouvidos de quem não conhece a Cristo, pois não anda pela fé, mas por vista, porém aquele que é filho de Deus e não do diabo tem que guardar, em seu coração, esta ordenança. Davi era um homem segundo o coração de Deus (1 Samuel 13:14) pela sua obediência ao Senhor e por sua capacidade belíssima de perdoar àqueles que o perseguiam (1 Samuel 24: 4 -6, 2 Samuel 18:32, 33). Devemos seguir o exemplo de Davi, ter misericórdia daquele que nos persegue, assim como Deus tem misericordia de nós pecadores, isso está na oração que o Senhor Jesus nos ensinou: “perdoa nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores” ( Mateus 6:12).
Em efésios 4:32 diz: “antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo”. Percebemos, amados, que o perdão é um mandamento de Deus e, como mandamento, devemos segui-lo a fim de obter a real Presença de Cristo em nossas vidas! Se Jesus, o próprio Deus perdoou um ladrão que passou a vida inteira roubando, porque nós que somos apenas filhos pecadores não podemos perdoar? Pense nisto! Que estas palavras entrem em nossos corações para que perdoemos uns aos outros em amor, no nome do nosso Senhor Jesus Cristo.

Ministério Adorando sem Limites
Alessandro Souza Godoy (Guitar-Bass)

domingo, 3 de outubro de 2010

Desafiando Gigantes -O filme Sabado 09/10 Incrivel não perca I.E.Q Cedrinho um novo Tempo

Convidamos a todos a participar deste cine gospel em Super telão com pipoca e refrigerante.
SABADO NA REUNIÃO DE JOVENS.


video